Leonidas: o paraíso do chocolate chegou ao Nova Arcada

Estivemos à conversa com o responsável da loja que vai ser a verdadeira perdição de todos os amantes do chocolate!

Uma marca centenária, cuja história atravessa o mundo, e que nos dá alguns dos melhores chocolates: falamos, é claro, da Leonidas. A loja abriu em dezembro no nosso Centro e promete fazer as delícias de miúdos e graúdos. Estivemos à conversa com o seu responsável, que nos contou alguns dos segredos da marca, e mostramos-lhe tudo agora.

1 – Como é que nasceu a Leonidas? Pode contar-nos um pouco da sua história? 

Nascido em 1882, na Turquia, Leonidas Georges Kestekides ganhava a vida a vender ‘granitas’, uma espécie de sorvete, e outros doces com o seu irmão. Em 1900, decidiu mudar-se para os Estados Unidos, onde se tornou confeiteiro. Dez anos mais tarde, Leonidas participou na Feira Mundial de Bruxelas, onde conquistou a medalha de bronze. Enquanto em Bruxelas, conheceu Joanna Emelia Teerlinck e juntos mudaram-se para Ghent, na Bélgica. Foi lá, em 1913, que se realizou a Exposição Internacional e onde Leonidas ganhou a medalha de ouro, tendo, posteriormente, aberto o seu primeiro salão de chá. A partir de 1922, vários familiares de Leonidas partiram igualmente para a Bélgica, o que lhe permitiu abrir, em Bruxelas, a “Pâtisserie Centrale Leonidas”, deixando a gestão do salão de chá de Ghent nas mãos da família.

Uma vez em Bruxelas, Leonidas fazia os seus chocolates à noite, numa pequena oficina, e, de manhã, vendia-os pelas ruas da capital. Em 1935, depois de ser acusado pela polícia de comércio ambulante, foi obrigado a alugar um quarto para poder vender os seus produtos. Mas, como o espaço não tinha porta para a rua, Leonidas decidiu abrir a única janela para expor os seus chocolates. Esta foi uma ideia revolucionária, que permitia às pessoas desfrutar do delicioso aroma dos produtos e comprá-los na hora. A venda através de uma janela tornou-se a imagem de marca da Leonidas, tendo permanecido durante várias décadas.

Em 1937, Leonidas registou oficialmente a sua marca na cidade de Bruxelas e, em 2013, quando celebrava o seu 100º aniversário, a empresa tornou-se fornecedora certificada da família real belga.

2 – Qual é o segredo para criar chocolates tão deliciosos?

O que diferencia o nosso chocolate é a sua qualidade, pois possui uma elevada percentagem de cacau e não é utilizado qualquer tipo de gordura hidrogenada na sua confeção, sendo confecionado com 100% manteiga de cacau.

3 – Qual é o chocolate mais vendido?

O chocolate mais vendido da marca, há já 107 anos, é o Manon Café Blanc. Ele tem uma fina camada de Praliné, creme de manteiga com sabor a café e uma avelã inteira envolto numa camada de chocolate Leonidas (preto, branco ou de leite).

Ficou com água na boca? Então só precisa de passar pela loja, no piso 1, e deliciar-se com estas iguarias!

Categorias
Lojas e restaurantes
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço