Máscaras do Mundo: rumo ao desconhecido com uma exposição Nova Arcada

Embarque nesta viagem a descoberta do mundo com a atual exposição Nova Arcada, “Máscaras do Mundo” do acervo do Museu do Brincar .

 Coloridas, divertidas e multiculturais. Assim são as mais de uma centena máscaras dos quatro cantos do mundo que constituem a exposição “Máscaras do Mundo”, em exposição no Centro Comercial Nova Arcada. Descubra tudo sobre uma das coleções mais exóticas e diversificadas de Portugal.

 

Em que consiste a Exposição Máscaras do Mundo?

 Esta coleção de máscaras é o resultado de mais de 40 anos de viagens de descobertas pelo mundo. Com exemplares provenientes dos lugares mais exóticos do globo, a coleção celebra a criatividade e o imaginário fascinante dos artistas que as produziram nas várias latitudes.

A exposição convida quem a visita a partir em viagens de liberdade e de busca de encontros com o nosso mundo de diversidades. A conhecer um pouco melhor os povos de todo o mundo. A sentir a emoção do faz-de-conta proporcionado pelas máscaras. E a vivenciar o seu potencial de encantamento, de alegria, de magia. Visitar a exposição é viajar por territórios de arte, e contactar com toda a sua diversidade.

 

Que países estão representados na exposição Máscaras do Mundo?

 No Antigo Egipto a máscara faz parte da imagem das múmias e era usada em sacrifícios. Em África, serve os rituais religiosos. Os nativos americanos exibiam-na para honrar os mortos, gregos e romanos não a dispensavam nos teatros e, hoje, a máscara é ainda sinónimo de folia e Carnaval.

Com um passado tão diverso, esta não podia deixar de ser uma exposição verdadeiramente internacional, com representação de países tão diversos como Angola, Brasil, Portugal ou Japão. Mas estão também presentes muitos outras geografias da Guatemala ao México, passando pelas Filipinas, Indonésia ou Itália. De outros continentes chega-nos ainda a participação de Japão com a máscara do teatro noh, Malásia, China com a Opera de Pequim. Senegal, Singapura, Sri Lanka, Tailândia e Venezuela com a sua máscara de meditação completam esta enorme lista de diversidade estética e cultural. Nesta viagem não precisa de escolher um destino, as diferentes culturas estão todas à sua disposição. Para além de ver as máscaras, a exposição apresenta também as histórias reais e ficcionais que elas nos contam.

 

Quem organiza a exposição?

A exposição é organizada pelo Museu do Brincar com a curadoria da Dra. Ana Barros, mentora e fundadora do Museu do Brincar.

O Museu do Brincar é um projeto associativo para a Infância que ao longo de vários anos se tem dedicado à recolha de brinquedos e outros objetos ligados ao mundo da criança, de vestuário, a material escolar ou literatura infanto-juvenil. Com apenas 10 anos de existência, sediado no concelho de Vagos, conta já com um extenso espólio que ronda a cerca de 20.000 peças. O Museu destaca-se pelas exposições que convidam a interagir com o espaço.

 

Qual o horário da exposição?

A exposição máscaras do mundo arranca dia 4 de fevereiro e está disponível de 2ª a 6ª feira, entre as 14h e as 20h e aos fins de semana e feriados entre as 11h e as 20h, no piso 1, junto da loja H&M.

 

Qual o preço da entrada?

A entrada é gratuita! Todos são bem-vindos e podem desfrutar da experiência sem custos.

 

E em Portugal, há tradição de máscaras?

Em Portugal o fabrico de máscaras tem uma longa tradição como é visível durante o período de Carnaval. Historicamente, as máscaras eram feitas com os materiais próprios da região como madeira, cortiça, couro, vime, palha ou latão.

Dos Caretos de Lazarim aos caretos de Podence, passando pelo Chocalheiro do Mogadouro, os caretos da Lagoa de Mira não esquecendo os cabeçudos de Castelo Branco, também as nossas tradições estão aqui representadas.

 

Visite o Centro Comercial Nova Arcada e a exposição Máscaras do Mundo a partir de dia 4 de fevereiro. Planeie a sua visita e contamos consigo!

Publicação
11 de Fevereiro de 2022
Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço