A TERRA VAI TREMER NO NOVA ARCADA

O Nova Arcada vai associar-se à Autoridade Nacional de Proteção Civil no exercício “A Terra Treme”. É já esta quinta-feira, dia 13 de outubro, às 10h13

Até que ponto sabe exatamente o que fazer se a terra começar a tremer? Tendo em conta que Portugal se encontra entre os países com maior risco sísmico de todo o mundo, é importante que todos – dos mais pequenos aos adultos – estejam preparados para a eventualidade da ocorrência de um sismo.

É exatamente para chamar a atenção para o risco sísmico e para a importância de comportamentos simples que os cidadãos devem adotar em caso de sismo que o Nova Arcada se vai associar à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) no exercício “A Terra Treme”.

Esta iniciativa vai decorrer já esta quinta-feira, dia 13 de outubro, precisamente às 10h13. “A Terra Treme” acontece no dia em que também se assinala o Dia Internacional para a Redução de Desastres Naturais e terá a duração de apenas 1 minuto.

Durante este minuto, todos os clientes do Centro são convidados a participar no exercício – que será replicado pela ANPC em todo o País – e efetuar os três gestos básicos de proteção em caso de sismo:

– Baixar: baixe-se sobre os joelhos, esta posição evita que possa cair durante o sismo, mas permite mover-se;

– Proteger: proteja a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e procure abrigar-se, coloque-se se possível sob uma mesa resistente, e segure-se a ela firmemente;

– Aguardar: aguarde até a terra parar de tremer.

Este é o momento ideal para recordar – e treinar – alguns dos ensinamentos básicos sobre este tema que aprendeu na escola. É que são simples gestos em momentos em que é preciso decidir depressa que podem salvar vidas.

Por isso, aproveitamos para recordar alguns dos comportamentos a seguir em caso de sismo, de acordo com a ANPC.

Antes do Sismo:

– Elabore um plano de emergência para a sua família. Certifique-se que todos sabem o que fazer, no caso de ocorrer um sismo.

– Combine previamente um local de reunião, para o caso dos membros da família se separarem durante o sismo.

– Prepare a sua casa por forma a facilitar os movimentos, libertando os corredores e passagens, arrumando móveis e brinquedos.

– Organize o seu kit de emergência: reúna uma lanterna, um rádio portátil e pilhas de reserva para ambos, bem como um extintor e um estojo de primeiros socorros.

– Armazene ainda água em recipientes de plástico e alimentos enlatados, para dois ou três dias (atenção: verifique com periodicidade os prazos de validade destes componentes).

– Identifique os locais mais seguros, distribuindo os seus familiares por eles: vão de portas interiores, cantos de paredes-mestras, debaixo de mesas e de camas.

– Mantenha uma distância de segurança em relação a objetos que possam cair ou estilhaçar.

– Conheça os locais mais perigosos: junto a janelas, espelhos, candeeiros, móveis e outros objetos. Elevadores e saídas para a rua.

– Coloque os objetos pesados, ou de grande volume, no chão ou nas estantes mais baixas.

– Ensine todos os familiares como desligar a eletricidade e cortar a água e o gás.

– Tenha à mão, em local acessível, os números de telefone de serviços de emergência.

Durante o Sismo:

– Não entre em pânico, mantenha a calma e siga a sinalização de segurança.

– Se estiver num andar superior, não se precipite para as escadas.

– Nunca utilize elevadores.

– Mantenha-se afastado de janelas.

– Caso esteja no Centro, dirija-se à saída mais próxima e siga as instruções dos colaboradores/vigilantes.

– Dirija-se para um local aberto com calma e serenidade, longe do mar ou cursos de água.

– Não corra nem ande a vaguear pelas ruas.

– Mantenha-se afastado dos edifícios (sobretudo dos mais degradados, altos ou isolados) dos postes de eletricidade e outros objetos que lhe possam cair em cima.

Categorias
Notícias
Partilhar